Quero ser voluntário

“Que se faz de boa vontade e sem constrangimento” ou “Que faz parte de uma corporação por mera vontade e sem interesse”.  As definições são muitas mas todas convergem para o mesmo ponto de chegada: dar por vontade e sem esperar nada em troca.

A CLR Project vive do trabalho voluntário e dedicação que cada um dos seus voluntários dá a causa. Para te juntares a nós basta solicitares a ficha de inscrição de voluntário para o email clr.project.ongd@gmail.com. Poderás também utilizar este email para colocares todas as questões que tiveres.

Existe idade mínima / máxima ?

Não. A CLR Project tem inclusivamente, para além da bolsa de voluntários base dos 15 – 100 anos,  uma bolsa de voluntários Kids destinada aos pequenos super voluntários que têm já dentro de si um coração solidário. No caso os voluntários Kids (cujo registo pode ser pedido pela mesma via e requer o registo simultâneo de um adulto responsável pelo menor) são desenvolvidas atividades e pequenas tarefas que podem ser realizadas pelos mais pequenos e que estimulam o seu espírito de voluntariado.

 

Posso ser voluntário se trabalhar a tempo inteiro?

Sim. Muitos voluntários trabalham a tempo inteiro por conta própria ou por conta de outrem, mas encontram oportunidades de voluntariado em horário pós-laboral (tardes ou fins de semana). Para além das atividades exteriores e dos trabalhos regulares na sede, no exercício da sua atividade a CLR tem também muito trabalho que pode ser feito a partir de casa e que passa muitas vezes pela elaboração de documentos, pesquisas, tratamento de imagens, vídeos, costuras, etc. Haverá sempre algo em que poderás colaborar.

Quantas horas preciso de disponibilizar para ser voluntário?

Não existe uma regra, cada qual despende o tempo que lhe é possível, tempo este que pode ser de fixo ou sazonal. Existe uma vasta gama de funções e tarefas que podem ser desempenhadas em regime de voluntariado que requerem diferentes disponibilidades de tempo. Dada a grande procura que existe de voluntários, não será complicado ajustar as suas competências à sua disponibilidade.

Tenho direito a ser reembolsado por despesas no exercício de atividades de voluntariado?

O reembolso das despesas não é possível  – por exemplo deslocações. Contudo, qualquer tipo de despesa é minimizado (por exemplo partilha de transporte) sendo que, em caso de tarefas que requeiram materiais, estes são geralmente disponibilizados pela associação ou previamente acordados com o voluntário que terá sempre, naturalmente, a última palavra.

Quais são os meus deveres enquanto voluntário?

  1. Observar os princípios deontológicos por que se rege a atividade que realiza, designadamente o respeito pela vida privada de todos quantos dela beneficiam;
  2. Observar as normas que regulam o funcionamento da entidade a que presta colaboração e dos respetivos programas ou projetos;
  3. Atuar de forma diligente, isenta e solidária;
  4. Participar nos eventuais programas de formação destinados ao correto desenvolvimento do trabalho voluntário;
  5. Zelar pela boa utilização dos recursos materiais e dos bens, equipamentos e utensílios postos ao seu dispor;
  6. Colaborar com os profissionais da organização promotora, respeitando as suas opções e seguindo as suas orientações técnicas;
  7. Não assumir o papel de representante da organização promotora sem o conhecimento e prévia autorização desta;
  8. Garantir a regularidade do exercício do trabalho voluntário de acordo com o programa acordado com a organização;
  9. Utilizar devidamente a identificação como voluntário no exercício da sua atividade.